Preconceito com o Go e outros jogos de tabuleiro

Existem muitos preconceitos com respeito a jogos de tabuleiro, então resolvi juntar alguns aos quais consegui arrumar um tempo e pensar, e achei legal montarmos argumentos para combater cada uma das objeções encontradas por ai, assim ja podemos ficar preparados pra responder cada uma delas.

Uma das técnicas de vendas é saber todas as objeções mais comuns e desvendar o motivo de cada uma, assim também podendo como saber responde-las rapidamente.

O objetivo é criar uma argumentação saudável, portanto sinta-se a vontade de acrescentar coisas nos comentários.


 Objeção 1: Go é um jogo de Azar.

Já ouvi isso e mesmo explicando que não é um jogo de acaso, eles argumentam que é um jogo viciante e que o jogador vira vagabundo, não se foca no trabalho e é uma grande perda de tempo.

O Problema: Geralmente esse argumento vem da falta de valor dado ao jogo, ou seja, para a pessoa nao existe valor ou beneficio com este. Deve-se mudar isso mostrando um argumento positivo mostrando os beneficios, ou contra argumentar as falhas de argumentação.

Contra Argumento 1: No caso de Vicio que gera dependência. Devemos considerar que uma pessoa pode se viciar por qualquer coisa na vida, e não é por isso que evitamos qualquer contato com o mundo com medo de se viciar, ou seja, é um medo infundado.
Vagabundagem é uma responsabilidade da pessoa e não de um jogo. A pessoa não trabalha porque não quer, e não porque o jogo não deixa.
Jogar jogos que estimulam o intelecto nunca podem ser chamados de perda de tempo.


Objeção 2: O Go é dificil de aprender.

Na verdade não é. As regras são simples.

O Problema: Esse argumento vem da preguiça intelectual que a sociedade tem. Qualquer coisa que se tem que pensar um pouco, é considerado um grande sacrifício. Deve-se mostrar os beneficios de usar o cerebro, e não deixa-lo definhar.

Acho que esse é um dos mais dificeis de contornar, porque temos que quebrar uma cultura da preguiça que a pessoa tem. Você mal começa a argumentar com ela, e a pessoa foge porque argumentar tambem requer uso de raciocinio e pensamento, justamente o que ela quer evitar.


 Objeção 3: Um jogo demora muito.

Depende, se for no tabuleiro 19×19 pode demorar.

O Problema: Podem ter varios problemas diferentes:
1 – A pessoa nao tem tempo livre. Quando a pessoa quer ela arranja tempo, novamente a questao do valor, ela tem outras prioridades.
2 – A pessoa nao acha que o tempo gasto valha a pena. ( Problema do valor novamente)
3 – O tempo assusta a pessoa, pois o tempo que tem seria usado pra descansar, o que ela não quer é ficar mais cansada.

Sugestões:
Jogar no 9×9 e 13×13. Pois o jogo se desenvolve mais rapidamente em um tabuleiro pequeno.


Objeção 4: O Go é um jogo para idosos.

Apesar de o Go ser jogado por muitos idosos, ele não se limita a eles. No Japão após o lançamento de um mangá chamado Hikaru no Go, e posteriormente uma animação também de mesmo nome, os jovens começaram a se interessar mais pelo jogo. Atualmente muitas crianças aprendem inclusive na escola, tanto no Japão como na China. Existem benefícios para os jogadores de todas as idades.


Objeção 5: O Go é um jogo para ricos.

Apesar de os kits oficiais serem caros, existem alguns que são muito baratos, e alem disso você mesmo pode fabricar as peças, pois somente são peças brancas e pretas em um tabuleiro. Pode-se ser jogado até mesmo com pedras. Aí vai da criatividade.

 

Tem mais algumas objeções? Poste no comentário.

Alan Yoshida

Programador, viciado em filmes, series, hqs, mangas, animes, jogos de tabuleiro e PC Gamer.

Você também pode gostar de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *